Um pequeno pimentão, uma pimenta, uma berinjela, uma banana e um pepino estão “vestindo” camisinhas. Abaixo deles há uma fita métrica amarela.

Tamanho médio do pênis brasileiro é suficiente para o prazer?

Psicólogo especialista em sexualidade explica por que desempenho não deve ser medido em centímetros

Por Eduardo Yabusaki

Tamanho de pênis é sempre um assunto delicado, polêmico e que rende muita audiência – seja na mesa do bar ou na internet. Em julho deste ano, por exemplo, o cantor sertanejo Tiago (dupla de Hugo) revelou publicamente ter se submetido a uma faloplastia, cirurgia de aumento peniano. Então as pessoas voltaram a debater nas redes sociais se os centímetros realmente importam no desempenho sexual, o que é considerado um pênis grande ou pequeno, até quantos anos o órgão cresce etc.

Primeiro, vamos aos números: os estudos apontam que, no Brasil, o tamanho do pênis costuma variar entre 12 e 16 cm em ereção. Há quem prefira tirar a média e afirmar que o pênis do brasileiro mede 14,5 cm. Embora o membro se desenvolva desde o nascimento da criança, ele cresce especialmente na adolescência, entre os 12 e os 18 anos. Portanto, se você tem mais de 25, não espere que ele ainda estique mais alguns centímetros (a não ser que pague por isso...). E, em qualquer idade, não acredite em técnicas e aparelhos mirabolantes para aumentar o tamanho do pênis. 

Talvez faça mais sentido refletir como a supervalorização do falo em nossa sociedade e cultura sexual impacta a vida íntima da pessoas - tanto da detentora do pênis (homem cisgênero, mulher transgênero ou pessoa não binária) quanto de sua parceria amorosa. Ambas podem ter expectativas e fantasias irreais a respeito do tamanho do pênis. Essas, sim, são capazes de atrapalhar a satisfação sexual do casal. 

Precisamos desmistificar conceitos que se estabeleceram ao longo de décadas, tais como: “quanto maior o tamanho do pênis, mais prazer pode proporcionar” ou “melhor o desempenho sexual” ou “mais viril é o homem”. Essas inverdades nada mais são do que a perpetuação de uma cultura machista. O comprimento do órgão em si não é o que determina a qualidade do estímulo sexual, do desempenho ou do prazer entre quatro paredes. Aliás, existe sexo sem pênis e/ou sem penetração que pode provocar orgasmos para as pessoas envolvidas. 

No caso de uma relação sexual com uma pessoa com vagina, é fundamental saber que o epicentro do prazer dela está no clitóris (órgão externo localizado no alto da vulva). Quanto à penetração vaginal, vale dizer que a extensão média do canal vaginal é de 8cm em estado normal e 12cm durante a excitação sexual. Flexível e adaptativa, a vagina se ajusta às dimensões do pênis introduzido. Em outras palavras, independentemente do comprimento ou circunferência, ele será capaz de promover a estimulação física lá dentro. A mesma lógica se aplica à penetração anal.

Para além dos fatos, é interessante observar como o imaginário das pessoas e suas idealizações afetam o exercício da sexualidade. O desejo tem um papel muito importante nesta discussão. Se você fantasia com um pênis avantajado, estar diante de um realmente pode potencializar o seu processo de excitação – ainda que, fisicamente, ele até cause algum incômodo na penetração ou em determinadas posições e práticas sexuais.

Por outro lado, se você tem um pênis mediano e o considera insuficiente, deve investigar os seus fantasmas e cuidar do aspecto emocional. Muitas vezes, o tamanho idealizado do pênis (que não necessariamente é pequeno) pode levar à baixa autoestima, desencadear quadros de angústia e ansiedade de desempenho antes do sexo, disfunções sexuais como ejaculação precoce e disfunção erétil, assim como depressão. Uma das saídas é procurar atendimento em terapia sexual [nota da editora: entenda como a sessão funciona aqui].

A cirurgia deve ser o último recurso, se indicada e orientada por profissional de urologia, porque implica riscos. Em geral, com a secção do nervo suspensor do pênis, ele fica mais protuberante e parece cerca de dois ou três centímetros maior. Mas, antes de entrar em uma neura e no bisturi por causa do tamanho do seu pênis, avalie se você está explorando e desenvolvendo tudo o que pode em sua interação íntima e sexual com a sua parceria...

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.