Uma mulher está sentada em um vaso sanitário com a calcinha abaixada quase na altura dos tornozelos. Em uma das mãos, ela segura um absorvente fechado.

Fluxo de consciência: aprenda a calcular o ciclo menstrual

Quer saber quando será o período fértil ou a data da próxima menstruação? Ginecologista explica sobre as fases e como fazer uma previsão correta

Por Teresa Embiruçu

O ciclo menstrual abrange as alterações hormonais que o corpo da pessoa com útero experimenta ao longo do mês. Embora sua duração média seja de 28 dias, ela varia entre 24 e 38 dias. Reconhecer o seu ciclo é compreender melhor o próprio corpo e as mudanças pelas quais ele passa em cada fase – como ovulação e menstruação. Assim você pode planejar ou evitar uma gravidez, além de desfrutar dos dias em que o desejo sexual tende a ser mais intenso. 

A primeira menstruação marca o primeiro ciclo menstrual da vida, geralmente por volta dos 12 anos. A partir de então, todos os meses o útero se prepara para receber um óvulo fecundado. Quando a gravidez não acontece, o endométrio (camada que reveste o útero) descama e começa a sangrar. Os ciclos menstruais costumam ser interrompidos após os 45 anos, marcando a entrada na menopausa.

Fases do ciclo menstrual 

O início do ciclo menstrual se dá pela menstruação. O primeiro dia em que o sangue da desce vermelho-vivo é considerado o dia 1 do ciclo. Leves escapes ou aquela “borrinha” de sangue escuro não contam. Como expliquei, o sangramento é um sinal do corpo de que uma gravidez não ocorreu – mas ele vai se preparar novamente. Na fase seguinte, pré-ovulatória, começa a produção dos hormônios que ajudarão tanto o ovário a “fabricar” um óvulo quanto o endométrio a crescer para esperá-lo no útero.

Conhecida como período fértil, a fase da ovulação coincide praticamente com o meio do ciclo menstrual (em um ciclo de 28 dias, seria o 14º dia a partir do início da menstruação). É o dia em que o ovário libera um óvulo – ele dura entre 12h e 24h. Quando não encontra um espermatozoide para ser fecundado, o óvulo perde sua função.

Neste caso, vem a fase pós-ovulatória: os hormônios diminuem e, com isso, o endométrio começa a descamar. É o momento da tensão pré-menstrual (TPM), com cólicas e mudanças de humor. Logo se dará o início de mais um ciclo com a próxima menstruação.

Como calcular o ciclo menstrual

É preciso contar do primeiro dia da menstruação de um mês até o primeiro dia da menstruação do mês seguinte. A duração do seu ciclo é a quantidade de dias entre essas duas datas. Para que um ciclo menstrual seja considerado regular, não é necessário que a menstruação aconteça no mês dia do mês – por exemplo, todo dia 10. Até porque existem meses de 28, 30 e 31 dias!

Um ciclo menstrual regular pode durar entre 24 e 38 dias. Talvez você menstrue sempre a cada 26 dias, enquanto uma amiga funcione como um reloginho a cada 35 dias. Além disso, também é normal que o ciclo menstrual não tenha uma duração fixa e regular. Ou seja, em um mês o sangue menstrual desce depois de 28 dias e, no próximo, em 30... Mas, se a pessoa que sempre menstruou ficar três meses sem menstruar, é importante investigar a causa numa consulta médica (o problema mais comum é a síndrome do ovário policístico). 

Pessoas com ciclo menstrual regular, cuja duração é a mesma por três meses seguidos, são capazes de saber a data da ovulação e da próxima menstruação. Se esse não é o seu caso, então como identificar o período fértil? Preste atenção a sinais como secreção vaginal abundante e parecida com clara de ovo, aumento do desejo sexual, aumento da temperatura vaginal e corporal, dor tipo cólica no baixo ventre. 

E, de qualquer forma, não deixe de marcar no calendário (do celular, por exemplo) o primeiro dia da sua menstruação. O período fértil abrange os dois dias antes e os dois dias depois da provável data da ovulação. É neste momento em que você está mais propícia a uma gravidez – portanto, se não for o seu objetivo e fizer sexo com uma pessoa com pênis, redobre os cuidados.

Uma última dica: existem diversos aplicativos que ajudam a fazer um mapa ou calendário menstrual para aprender mais sobre seu próprio ciclo.

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.