Uma mulher branca está nua e deitada de bruços sobre um lençol preto; mãos masculinas estão massageando a região de suas nádegas.

Como funciona a vela de massagem sensual

Após alguns segundos acesa, ela se transforma em um óleo corporal aromático que não queima a pele – mas bota fogo nas preliminares

Por Nathalia Ziemkiewicz

A busca por massagem tântrica cresceu muito nos últimos anos, assim como o mercado de óleos corporais e velas eróticas (também conhecidas como velas de massagem sensual). É um indício de que as pessoas querem desacelerar o sexo, tirar o foco da penetração vaginal ou anal, encontrar novas e mais intensas sensações de prazer.

Como maior órgão do corpo humano, a pele está repleta de terminações nervosas e zonas erógenas. Portanto, cada pessoa traz um imenso potencial orgástico para além dos genitais - um toque suave atrás dos joelhos, por exemplo, pode desencadear ou aumentar a sua excitação.

Uma massagem com vela erótica é uma ótima opção tanto para despertar o desejo sexual responsivo em pessoas com queixa de baixa libido (especialmente comum entre mulheres cisgêneros) quanto para casais que desejam apimentar o relacionamento e explorar fantasias sexuais... mas ainda não se sentem confortáveis em comprar brinquedinhos tipo vibradores (aliás, espia esse guia para iniciantes).

O que é?

As velas de massagem sensual são produzidas com óleo vegetal e manteiga de karité. Sem parafina na composição, elas possuem baixa combustão: não queimam a pele nem endurecem. Quando o pavio está aceso, o calor derrete a vela e a transforma em um líquido hidratante, aromático e quentinho (próximo à temperatura do corpo).

Para que serve?

Segundos após acesa, a vela erótica deixa o ambiente à meia-luz e perfumado. Primeiro, isso aguça os sentidos e contribui com o clima de relaxamento, romance e sensualidade. Então o óleo aquecido pode ser derramado pelo corpo nu da sua parceria antes da massagem. Para quem recebe, a tensão inicial (“vai doer como uma cera de vela comum?”) e a temperatura agradável do líquido já funcionam para elevar o tesão. Por último, a vela também serve como lubrificante para a penetração vaginal ou anal. As versões beijáveis, com sabor, podem tornar o sexo oral mais gostoso.

Como usar?

Você pode usar a velo erótica de diversas formas, como acabei de mencionar. Mas algumas dicas tornar a brincadeira ainda mais interessante... Se quiser aumentar o mistério, deixe o local do encontro completamente escuro, acenda a vela e vá iluminando aos poucos partes do seu corpo ou roupas íntimas. Outra ideia é vendar os olhos ou algemar/amarrar a parceria (com consentimento, óbvio!) e pingar o óleo da vela nas regiões mais sensíveis – como mamilos, saco escrotal, clitóris etc. Quanto mais tempo a vela ficar acesa com o óleo acumulado, mais alta será sua temperatura.

 

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.