A foto mostra o tronco de uma mulher branca e desnuda. As mãos de uma pessoa posicionada atrás dela cobrem seus seios e ela coloca as próprias mãos por cima.

É possível chegar ao orgasmo estimulando os mamilos?

Descubra a conclusão de pesquisas científicas recentes e dicas para explorar melhor essa zona erógena 

Por Mayara Magalhães

Os mamilos são vistos como coadjuvantes na busca pelo prazer sexual. Essa zona erógena costuma ser explorada durante as preliminares, parte de um “esquenta” para o sexo “de verdade”. Mas, ao contrário do que se imagina, o orgasmo não vem dos genitais... ele acontece no nosso cérebro!

Segundo estudos em sexologia, é preciso uma combinação de fantasia (pensamentos eróticos) e fricção (toques) para “revirar os olhos”. Ninguém disse onde essa fricção deve acontecer... Nas pessoas com vagina, a forma mais fácil de disparar um orgasmo é por meio do clitóris (órgão no alto da vulva), mas essa definitivamente não é a única!

O corpo humano é um vasto universo a ser desbravado. Existem múltiplas zonas erógenas capazes de fazer você se sentir nas nuvens. Os mamilos são dotados de muitas terminações nervosas, o que os torna sensíveis e faz com que enrijeçam. A sucção das mamas também libera ocitocina, hormônio que desperta sensações prazerosas.

Estudos científicos comprovaram, por meio de exames de imagem, que estímulos nos mamilos ativam a mesma região do cerebral acionada quando estimulamos a vagina e o clitóris. Não à toa algumas pessoas ficam tão excitadas que realmente chegam ao orgasmo só com a estimulação mamária, sem penetração, sem toque nos genitais... Um sonho, né?

Como estimular os mamilos

Você pode começar explorando os seios e os mamilos a sós, seja durante o banho ou na masturbação, para descobrir o que mais te excita. Vale brincar com eles, variando os movimentos, o ritmo, a pressão, a intensidade. No sexo, peça para a sua parceria lamber, chupar, esfregar, apertar, fazer cócegas suaves...

O mercado erótico também oferece produtos como sugadores (de clitóris, mas pode ser usado nos mamilos também!), vibradores, géis comestíveis e térmicos, grampos BDSM etc. Caso o toque nas mamas não seja suficiente para você chegar ao orgasmo, estimule o clitóris ao mesmo tempo em que brinca com os mamilos.

Como a área é bastante sensível, algumas pessoas podem não gostar ou até mesmo se incomodar com toques ali – especialmente em períodos como a tensão pré-menstrual (TPM). Sem problemas, não precisa se preocupar! Siga explorando o seu corpo, esse território que é inteiramente erotizável. Qualquer parte dele pode ser fonte de prazer. É só se deixar levar...

 

*Foto: Pexels 

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.